Profissão & Carreira

As constantes mudanças do mundo globalizado atual interferem diretamente na vida do indivíduo e em suas escolhas, oferecendo opções e soluções de curto prazo que parecem favoráveis. Porém, quando vistas em longo prazo podem refletir em consequências negativas na vida ou na saúde da pessoa.

Incertezas, momentos de dúvidas, questionamentos e indecisões sobre profissão, carreira e trajetórias de vida são comuns a muitas pessoas em diversos momentos da vida. Jovens se questionam sobre sua primeira escolha profissional, universitários e profissionais maduros também vivem momentos de mudança que pode balançar seus objetivos profissionais e seus valores.

  • Será que estou no caminho profissional certo?
  • Para qual direção devo seguir?
  • Não estou feliz com a minha escolha profissional!
  • Não tenho satisfação e prazer com minhas atividades profissionais!

O jovem, ao pensar em sua primeira escolha profissional, é muitas vezes influenciado por pressões e aspectos sociais externos, sendo impedido, assim, de refletir sobre si mesmo. Isso ocorre também com muita frequência com profissionais já formados e já com experiência no mercado de trabalho. Vivemos numa sociedade em que alguns rótulos são extremamente valorizados (títulos de Executivo, Gerente, Diretor etc…), além dos sobrenomes que se carrega ao trabalhar em determinadas empresas. É certo que tais fatores trazem vantagens, mas muitas vezes, por traz destes rótulos e “sobrenomes”, existe um grande peso e uma enorme insatisfação no “fazer profissional”. A decisão pela busca de satisfação e felicidade implica, muitas vezes,  em abrir mão de algo e fazer escolhas, algo que não é nada simples.

Para pensar num projeto profissional, é fundamental refletir inicialmente sobre autoconhecimento, reconhecimento da própria identidade, processos de escolha pessoal ao longo da vida, valores de cada um e objetivos de vida.

A fim de discutir a primeira escolha profissional de um jovem, ou mesmo a necessidade de mudança de carreira que um profissional deseja realizar, é primordial pesquisar suas habilidades, competências e áreas de interesse. Para isso é preciso ir mais fundo do que o universo virtual nos oferece.

Essas são algumas motivações que levam um indivíduo a querer refletir e planejar de maneira consciente e estruturada seus caminhos e escolhas profissionais e de carreira.

O programa de Orientação Profissional e de Carreira oferece a oportunidade ao jovem e ao profissional de repensar seus caminhos de vida e no planejamento de carreira.

Curiosidades

  • 54% dos jovens cursando o terceiro ano do Ensino Médio não têm opção definida para que curso prestar no vestibular (revista Veja, 2012).
  • Evasão universitária no Brasil chega a quase 50% em alguns cursos. A falta de vocação pelo curso escolhido é um dos principais fatores apontados pelos universitários.
  • Existe uma gama de 219 diferentes cursos  de graduação disponíveis no mercado (Guia do Estudante, 2012).